Oncogeriatria

Nos últimos 50 anos o mundo desenvolvido testemunhou um aumento de mais de 10 anos na expectativa de vida da população. China e Índia um aumento de mais de 25 anos. Longe das guerras, poupados de grandes epidemias e cada vez mais protegidos e mais bem tratados das doenças cardiovasculares, mulheres e homens no Brasil muito frequentemente vivem além dos 70 anos de idade. No entanto, no mundo todo, o paralelo inexorável entre o envelhecimento e o desenvolvimento de câncer fará com que, cada vez mais, teremos que lidar com doenças oncológicas como um evento comum, Paralelamente, nos últimos 20 anos, o grande avanço no conhecimento sobre o câncer e sua patogênese vem permitindo a descoberta de tratamentos cada vez mais seguros, eficazes e menos tóxicos, tornando-os plausíveis para uma população idosa. Cirurgias minimamente invasivas, radioterapia com menor efeito colateral e medicamentos (muitas vezes orais) direcionados a alvos moleculares permitem estender o benefício de tratamentos com intuito curativo para pacientes idosos e muitas vezes frágeis. #Oncogeriatria

CancerCampanha

Anúncios